Tag: Pernambucanas

Google e LG anunciam queda de preço do Nexus 4 no Brasil

Acesse:http://www.oficinadanet.com.br/post/10808-google-e-lg-anunciam-queda-de-preco-no-nexus-4-no-brasil

LG Nexus 4, smartphone produzido em parceria com o Google, teve redução de preços no Brasil, a queda de valor chega a 12%, ou seja, passando de R$ 1.699,00, para R$ 1.499,00, mesmo assim, bem longe do R$ 630,00 que é cobrado nos Estados Unidos.

Conforme matérias escritas na internet e confirmadas pelo próprio Google nesta terça-feira, 04 de junho; informam que o Nexus 4, smartphone produzido em parceria com a LG, irá ficar mais barato no Brasil.

O novo dispositivo móvel que possui Android Puro será comercializado por aqui, ao preço de RS 1.499,00 e além desta novidade, o Google ainda informou  que o mesmo será encontrado já a partir deste mês de junho nas lojas do ramo, em duas cores; branca e preta. O Nexus 4 que na data de seu lançamento no final de março, teve o preço fixado em R$ 1.699,00, teve um queda de 12%, tudo isso graças a nova Lei do Bem (Lei nº 11.196), que reduz as alíquotas de PIS e Cofins para aparelhos fabricados e montados no Brasil.

Mesmo antes do anúncio, algumas lojas já comercializavam o Nexus 4 a esse novo valor, isso claro em promoção, enquanto outras lojas iam ainda mais longe na promoção, chegando a cobrar R$ 1.250,00 pelo aparelho

O Nexus 4 é encontrado facilmente nas lojas do Ponto Frio, Fast Shop, Saraiva, Submarino, Fnac, Colombo, Magazine Luiza, Eletromar, Pernambucanas e Novo Mundo. Sendo que a partir de agora, as “novas promoções” deverão baixar ainda mais o valor cobrado pelo aparelho, que está muito longe do valor cobrado pelo smartphone nos Estados Unidos; por lá, o Nexus 4 da LG custa cerca de R$ 630,00, ou seja, a meta do valor cobrado aqui no Brasil.

Curiosidades na internet

Empresas de todos os tamanhos buscam visibilidade no Facebook

Acesse:http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/noticias/empresas-de-todos-os-tamanhos-buscam-visibilidade-no-facebook-20121004.html?question=0

Marcas são atraídas pelo mais 1 bilhão de usuários da rede

facebookGetty Images

Empresas querem fisgar a atenção dos clientes nas redes sociais

O sucesso das redes sociais no Brasil criou uma situação diferente para anunciantes e consumidores em um mesmo ambiente: a comunicação direta no Facebook está gerando usuários mais críticos e engajados do que nunca.

Com tanta proximidade, é preciso tomar muito cuidado para não publicar conteúdo ofensivo aos internautas. Melissa Giorgetti, gerente de conteúdo da Leo Burnett, explica que é preciso ter “jogo de cintura”, além de bastante gentileza e sinceridade.

— Ações ou campanhas disfarçadas de conteúdo despretensioso, publieditoriais [publicações com conteúdo comercial] disfarçados de posts em blog e qualquer movimento que tente “manipular” o consumidor ocasionam grande repercussão negativa para a marca nas redes sociais.

A agência é responsável pela maior página de eletrônicos do Brasil no Facebook, a Samsung, dentre outras marcas bastante conhecidas dentro e fora da rede. A gerente de conteúdo avisa: as empresas precisam ter objetivos claros antes de mergulhar nas redes.

— Marcas que querem estar nas redes sociais só por estar, ou porque o concorrente está, têm muitas chances de se tornar um #fail.

Ao lado dos “peixes grandes”

Não são apenas as grandes marcas que estão atrás de curtidas e compartilhamentos no Facebook. Prestadores de serviço e indústrias usam a rede para aproximar o relacionamento com as fanpages de possíveis clientes.

Fundada em 1880, a Starrett entrou no Facebook para se conectar com um tipo bastante específico de visitante: estudantes de Engenharia e cursos relacionados e profissionais de manutenção. A empresa fabrica ferramentas de corte e precisão, como lâminas de serra, acessórios para ferramentas manuais e equipamentos de medição óptica.

O analista de mídias sociais Paulo Faiock é um dos responsáveis por cativar o público da Starrett nas redes sociais. Faiock explica que é preciso muito estudo para atingir um público tão segmentado:

— É um desafio constante. Precisamos pesquisar o que o seu público quer e, assim, ver se conseguimos um pouco da atenção dele no meio de tantas opções na timeline. Por isso é preciso reunir elementos para fisgar a atenção do internauta, para que ele vá além do óbvio.

Há mais de 20 anos no segmento de confecção de camisetas e brindes promocionais, a ArtCor Brasil já realizou campanhas de grandes marcas (Pernambucanas, Natura e WWF). Em 2011, a empresa resolveu investir pesado na divulgação online.

Além do Facebook, a fabricante de camisetas e brindes também alimenta com diariamente uma página no Google+, um perfil no Twitter e um blog corporativo.

Responsável pela comunicação da ArtCor Brasil, Edivaldo Pedro afirma que usar os canais sociais aproxima a marca de possíveis clientes.

— As pessoas estão atrás de conteúdo relevante na rede e isso é de grande preocupação para nós. Trabalhamos divulgando conteúdo relativo a produtos da empresa e tudo que acreditamos ser de interesse do público.

Curiosidades na internet

%d blogueiros gostam disto: