Tag: dinâmica

Redes sociais mudam a dinâmica da busca por empregos

Acesse:http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2013/08/130808_redes_sociais_empregos_pai.shtml

Da BBC Brasil em São Paulo

Atualizado em  30 de agosto, 2013 – 05:23 (Brasília) 08:23 GM
Foto: ReutersRedes sociais trazem mudanças tanto para empregadores quanto para candidatos em potencial

O paulista Marcus Aurélio Kouyomdjian trabalhava em uma concessionária de veículos quando seu perfil profissional, postado na rede social LinkedIn, chamou a atenção de uma grande loja de produtos veterinários.

Ele não estava procurando emprego na época, “mas quando veio o convite para o processo seletivo, pensei: Vou ver o que acontece”, conta à BBC Brasil.

Marcus Aurélio acabou aceitando o novo emprego. E recomendou a seu filho mais velho, Pedro, que também levasse seu currículo às redes sociais. Pedro, um engenheiro de 25 anos, tampouco pensava em mudar de emprego, mas recebeu uma proposta interessante e acabou aceitando uma vaga como coordenador de obras.

As redes sociais estão trazendo mudanças às dinâmicas de busca de empregos, tanto para profissionais como os Kouyomdjian quanto para empregadoras, apontam especialistas ouvidos pela BBC Brasil.

Para começar, o contato entre Marcus Aurélio e Pedro e as empresas que os contrataram só ocorreu graças às redes sociais. Nos EUA, esse fenômeno foi batizado de “procurar emprego passivamente” (“passive job seeking”) – ou seja, alguém que não estava ativamente atrás de um novo trabalho pode acabar aceitando uma oferta atraente que tenha a ver com seu perfil e seus interesses.

“As redes sociais quebraram paradigmas (no processo) de contratações”, diz à BBC Brasil Milton Beck, diretor de soluções de talento da rede social profissional LinkedIn, que tem 13 milhões de usuários no Brasil e 238 milhões no mundo. A rede usa algoritmos para cruzar pré-requisitos de vagas disponíveis como perfil dos profissionais cadastrados, de acordo com sua experiência e características postadas online.

Segundo Beck, 70% dos usuários não estão no LinkedIn em busca de empregos, mas sim para manter-se visíveis, fazer contatos e participar de grupos de interesse.

“Eles já estão empregados, mas se surgir uma oportunidade de crescimento profissional, estão abertos a conversas. Antes das redes sociais, essas pessoas não estavam acessíveis em grande escala para as empresas que buscam contratá-los.”

Continue lendo …clique aqui…

Curiosidades na internet

Novo 3DMark terá benchmark para Windows, iOS e Android

Acesse:http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2012/12/novo-3dmark-tera-benchmark-para-windows-ios-e-android.html

A Futuremark, empresa responsável pelo 3DMark, divulgou, nesta segunda-feira (3), algumas informações sobre a próxima edição do aplicativo de benchmark. A principal delas fica por conta de o produto ser multiplataforma, ou seja, terá versões para Windows, iOS e Android.

Novo 3DMark vai ser multi-plataforma (Foto: Divulgação)Novo 3DMark vai ser multi-plataforma (Foto: Divulgação)

“Um benchmark para todos os dispositivos”. Este é o slogan do novo 3DMark, que poderá medir o desempenho de smartphones, tablets e computadores da mesma maneira. Com três novas funcionalidades, FireStrike, Cloud Gate e Ice Storm, o software oferece não só os testes como também comparativos entre os aparelhos.

O FireStrike, por exemplo, é um módulo de DirectX 11 que avalia detalhes como renderização em tempo real, iluminação dinâmica, simulação de efeito fumaça e sombreamento para avaliar o desempenho de aparelhos Windows que tenham especificações consideradas acima da média e voltados para os gamers.

O Cloud Gate, por sua vez, avalia gráficos e outros aspectos de hardware de aparelhos cujo sistema seja o Windows, mas que tenham sido desenvolvidos para o usuário comum, menos exigente. Enquanto isso, o Ice Storm pode ser utilizado tanto nos sistemas móveis e também no Windows, permitindo a comparação entre eles.

Ainda não há uma data exata do lançamento do novo 3DMark. No site oficial do produto, há somente a indicação de que ele vai chegar “em breve”. A ideia dos desenvolvedores parece ser oferecer aos usuários todas as ferramentas para testarem ao máximo seus aparelhos, especialmente na questão gráfica, para saber quando tempo eles ainda vão aguentar no competitivo mercado atual.

A Futuremark ainda não divulgou a data de lançamento do novo 3DMark.

Curiosidades na internet
%d blogueiros gostam disto: