Cientistas da USP descobrem substância que evita evolução do Parkinson

Pesquisadores do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP) descobriram uma nova substância que impede o agravamento da doença de Parkinson. A novidade traz uma perspectiva promissora em direção à cura, afirmam os cientistas. Publicada na revista Molecular Neurobiology, a pesquisa foi desenvolvida no Laboratório de Neurobiologia Celular, sob a coordenação do…

Cientistas da USP descobrem substância que evita evolução do Parkinson