Volkswagen planeja fazer IPO da Porsche e impulsionar carros elétricos

O grupo alemão Volkswagen, detentor de marcas de automóveis como Audi, Lamborghini e Ducati, está se preparando para fazer a oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) de sua linha mais valiosa, a de carros esportivos Porsche, e assim valorizar os ativos da companhia, dar mais autonomia a ela e impulsionar a linha de carros elétricos, fazendo frente à americana Tesla. A empresa foi avaliada em 96 bilhões de dólares pela Bloomberg Intelligence e, após a divulgação da intenção de IPO, as ações preferenciais da Volkswagen subiam 10,5% na bolsa de Frankfurt, para 254,6 euros, às 12h10 no horário de Brasília.

A ideia é desenhar a oferta pública com a holding Porsche, controlada pela família Porsche e Piech, que também é listada em bolsa e detém a maioria das ações ordinárias do Grupo Volkswagen. Os seus papeis, por sua vez, subiam 12,80% na bolsa de Frankfurt.

A expectativa sobre o IPO da Porsche é grande, ainda que o da divisão de caminhões Traton, realizado em 2019, não tenha sido bem sucedido, bem como os planos de criação de novas empresas para as marcas Ducati e Lamborghini. Por trás desta alta valorização estão os números da Porsche, que em 2021 bateu recordes com mais de 300 mil unidades vendidas, alta de 11% em relação ao ano anterior, e aumentos das vendas dos modelos Taycan e Taycan Cross Turismo, 100% elétricos.

Volkswagen planeja fazer IPO da Porsche e impulsionar carros elétricos