10 raças de cães que não existem mais

Acesse:http://www.megacurioso.com.br/animais/42726-10-racas-de-caes-que-nao-existem-mais.htm

Fonte da imagem: Shutterstock10 raças de cães que não existem mais

Quais raças de cães poderiam ter existido na época de Jesus? E na Idade Média? Com certeza, devem ter existido linhagens que provavelmente não sobreviveram à passagem das gerações.

Você consegue imaginar um mundo canino sem raças como Pastor Alemão, Labrador, Beagle, Pinscher, Pit Bull, Doberman, Basset e tantos outros peludos que adoramos? Há algumas razões para certas raças de cães se extinguirem totalmente da face da Terra.

Muitas linhagens são cruzadas, transformando-se completamente em novos tipos de cães para se adequar a uma forma ou uma função específica. Outras foram aniquiladas por predadores, incluindo os seres humanos, ou ignoradas pelos criadores que os sustentavam no passado.

Seja qual for o motivo, a extinção de raças de cães é permanente e provavelmente não vai parar de acontecer. O pessoal do Mental Floss reuniu 10 exemplos de raças de cães que já não existem mais. Confira abaixo.

1 – Kurī

Fonte da imagem: Reprodução/Teara

A raça Kurī foi levada, provavelmente, do leste da Polinésia para a Nova Zelândia por volta do século 14. Embora seja dito que o cão era um companheiro favorito das mulheres Maori, nem todo mundo gostou da raça. “Eles eram traiçoeiros e nos mordiam frequentemente”, escreveu Marie Julien Crozet, uma francesa que viajou para a Nova Zelândia como parte de uma expedição em 1771.

Os cachorros Kurī foram muitas vezes descritos como feios e teimosos com um pobre sentido de olfato e a raça foi se perdendo, tornando-se extinta. Um exemplar empalhado de um Kurī está exposto atualmente no Museu Te Papa Tongarewa, na Nova Zelândia (imagem acima).

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet