LinkedIn permite ‘seguir’ usuários sem precisar adicionar aos contatos

Acesse:http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2014/02/linkedin-permite-seguir-usuarios-sem-precisar-adicionar-aos-contatos.html

O LinkedIn recebeu uma nova função na quarta-feira (19) em que usuários da rede social de perfis profissionais podem “seguir” pessoas que não conhecem e ter acesso às publicações, sem precisar adicioná-las às suas redes de contatos. A novidade está disponível somente para quem tem perfil em inglês no site, por enquanto, mas será lançada mundialmente “nas próximas semanas”.

Facebook sabe quando você vai começar a namorar; veja pesquisa

Novidade para "seguir" chegou ao LinkedIn em inglês (Foto: Reprodução/Aline Jesus)Novidade para “seguir” chegou ao LinkedIn em inglês (Foto: Reprodução/Aline Jesus)

O LinkedIn é uma rede social voltada para contatos profissionais. O site tem um sistema para adicionar pessoas semelhante ao do Facebook e ao do Google+: é preciso enviar pedidos de amizade para que o usuário faça parte da sua rede. Assim, é possível interagir e receber suas atualizações no feed de notícias.

Mas agora, será possível receber as atualizações postadas, somente seguindo as pessoas, sem precisar adicioná-las aos seus contatos. A função de “seguir” um profissional já tinha sido lançada pela página Influencers, que reúne 500 personalidades de diferentes setores, com nomes como Barack Obama.

As postagens recebem, em média, 31 mil visualizações, mais de 200 curtidas e cerca de 80 comentários de usuários da rede.

O sucesso dessa iniciativa inspirou o LinkedIn a lançar a funcionalidade nas páginas dos usuários “comuns” também. Por enquanto, o recurso só funciona em perfis com o idioma inglês. Mas, nem todas as pessoas serão agraciadas, por enquanto, com o “seguir” no LinkedIn: segundo o site The Next Web, só 25 mil usuários apresentam a função nestes primeiros dias do anúncio.

Lembrando que a função de “seguir” já está disponível no LinkedIn, em português, para os perfis de algumas personalidades influentes, como Bill Gates. A novidade está na ampliação do recurso para os demais usuários

Curiosidades na internet