Empresas oferecem no Brasil coleira com QR Code, que guarda dados do bicho

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/tec/2013/10/1355390-empresas-brasileiras-oferecem-coleira-com-codigo-qr.shtml

Donos de animais de estimação podem contar com um novo recurso para cuidar de seus pets: uma medalha de identificação com QR Code.

A novidade será oferecida no Brasil por duas empresas a partir do fim deste mês. As tags de alumínio darão acesso a uma página do bichinho, que mostrará informações como o contato do dono, telefone do veterinário, alergias e foto, entre outros dados.

Nos dois casos, as medalhas ainda terão gravadas um endereço de internet, para permitir o acesso ao site sem que seja necessário ter um smartphone com aplicativo que leia o QR Code.

Divulgação/Luke Chapman
O cachorro Argos com uma coleira com código QR da Furcode
O cachorro Argos com uma coleira com código QR da Furcode

A FurCode, americana trazida ao Brasil pelo empresário Celso Grande, oferece a possibilidade de tornar as informações armazenadas públicas ou privadas. Dessa forma, é possível inserir os dados do pet, mas deixá-los visíveis somente se o animal se perder, por exemplo.

A empresa garante gratuitamente uma nova tag em caso de perda ou danos. O serviço custará R$ 49,90, e as medalhas podem ser encomendadas pelo emailfurcode.brasil@gmail.com.

Criada no Rio Grande do Norte, a Meu Peludo tem como projeto unir o serviço de identificação a uma nova rede social, em que os donos poderão compartilhar fotos.

De acordo com Sérgio Oliveira, cofundador da empresa, as tags serão vendidas pela internet, por R$ 9,90 –preço de lançamento. Após realizar o pedido, o dono recebe login e senha para acessar o site e associar o QR Code ao perfil. Também disponibilizará serviço de geolocalização, mostrando onde o código do animal foi lido.

Thiago Sancho é dono de Ricco, cachorro da raça shih-tzu de três anos que recebeu microchip aos dois meses.

Desde que ganhou de um amigo uma medalha da FurCode, diz sentir-se mais seguro. “Gostei da ideia porque é simples, posso atualizar os dados pela internet. Qualquer um pode identificar o Ricco e me avisar onde ele está.”

 

continue lendo …clique aqui…

Curiosidades na internet