Lhamas viram animais de estimação nos EUA

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2013/08/1332433-lhamas-viram-animais-de-estimacao-nos-eua.shtml

JENNIFER A. KINGSON
DO “NEW YORK TIMES”

The New York TimesExiste um bom número de motivos para criar lhamas como animais de estimação, segundo seus aficionados: lhamas são silenciosas, delicadas e afetuosas, não dão muito trabalho e não cheiram mal.

Mas há mais que isso. Olhe para uma lhama e ela retribuirá de maneira simpática com seus enormes olhos e suas orelhas levantadas, parecendo que entende você e realmente se importa.

Foi o que Katrina Capasso descobriu. “Elas são como batatas fritas. É difícil parar com apenas algumas.” Capasso, 49, vive em Ballston Spa, a cerca de 260 quilômetros ao norte da cidade de Nova York. Sua primeira lhama foi um presente de casamento de seu marido, Gary, em 1990. Hoje eles têm 55 lhamas.

Caroline Yang/The New York Times
Susan Morgan, que cria lhamas em Hastings, Minnesota, diz que os animais estabelecem relacionamentos murmurando

Susan Morgan, que cria lhamas em Hastings, Minnesota, diz que os animais estabelecem relacionamentos murmurando

Usados como animais de carga na América do Sul há séculos, hoje as lhamas são criadas em todo o mundo. Algumas décadas atrás, eram quase desconhecidas nos EUA. Hoje existem cerca de 115 mil, segundo o Registro Internacional de Lhamas.

Os criadores de lhamas podem pagar até US$ 30 mil por um macho de alta qualidade, mas uma lhama comum de estimação pode custar menos de US$ 500. Diante da demanda por fibra de lhama entre os tecelões, os proprietários poderão recuperar uma parte do valor investido.

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet