Google lança Chrome e Google Drive para iPhone e iPad

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/tec/1111975-google-lanca-chrome-e-google-drive-para-iphone-e-ipad.shtml

O Google lançou nesta quinta (28) versões do navegador Chrome e do aplicativo de arquivos em nuvem Drive para o iOS –o sistema operacional de iPhone, iPad e iPod touch.

Segundo a empresa, os aplicativos estarão disponíveis na loja App Store, da Apple, “ao longo do dia”.

O Chrome, que já tem versões para Windows, Mac e Linux, havia ganhado também edição para Android em fevereiro.

Divulgação
Chrome, que tinha versão para Android (foto), chega ao iOS
Chrome, que tinha versão para Android (foto), chega ao iOS

CHROME, O POPULAR

Durante a apresentação, realizada no segundo dia do evento Google I/O, Sundar Pichai, vice-presidente sênior de Chrome e aplicativos, afirmou que o Chrome é o browser mais popular do mundo, com 310 milhões de usuários ativos. Segundo dados do site Statcounter, o Chrome assumiu o posto no final de maio, ao ultrapassar o Internet Explorer.

Foi enfatizada a capacidade que o navegador tem de sincronizar informações entre as versões para todos os dispositivos, chamada Chrome Sync.

“Já sabemos que o Chrome Sync é fantástico, mas agora é hora de vocês verem algo novo [versão para iOS do navegador]”, disse Brian Rakowski, vice-presidente do desenvolvimento do Chrome, durante o anúncio.

DRIVE OFF-LINE

O serviço de sincronização de arquivos Google Drive, lançado em abril, tinha até agora versões para Windows, Mac e Android.

O lançamento da versão para iOS é acompanhado do anúncio de melhorias no uso do serviço, como a melhor capacidade de lidar com situações em que não há conexão à internet.

A partir de agora, será possível usar off-line o Drive (ou o Docs, nas contas em que não foi feita a transição de um serviço para o outro). Os documentos alterados durante a falta de conexão são automaticamente atualizados quando o usuário estiver on-line novamente.

Reprodução
Google Docs passa a permitir visualização e edição de documentos sem conexão à internet
Google Docs passa a permitir visualização e edição de documentos sem conexão à internet

Curiosidades na internet